«Seibo no Kishi» (Cavaleiro da Imaculada)
31
Out 15
publicado por FireHead, às 08:35link do post | Comentar

Acreditam num Halloween Cristão? Preparem-se! Durante esta semana vão ouvir dos vossos amigos, sejam eles Católicos, Protestantes ou outra coisa, a conversa: "Halloween ou não?"

 

Para os Protestantes, sem a tradição do dia de Todos os Santos, normalmente esta festa torna-se em "Halloween vs Dia da Reforma". Tendo sido neste dia que Martinho Lutero colou as 95 teses a 31 Outubro. Mas mesmo alguns Católicos estão preocupados que o Halloween se tenha tornado "mau".


Bem, aqui estão dez maneiras de manterem o bom velho Halloween divertido e santo.

 

10. Não lhe chamem o "dia de Satanás"!

 

Muitos Cristãos excluiram o Halloween como algum tipo de missa negra diabólica. Na verdade, é a vigília de um feriado Cristão: All Hallows' Eve ou Véspera de Todos os Santos. Foi corrompido pela nossa cultura e mercados consumidores? Podem crer. No entanto, o Natal também descarrilou devido à cultura. Significa isso que vamos entregar o Natal? Claro que não! O mesmo acontece com o Halloween. A Igreja não entrega o que lhe pertence por direito, ganha-o de volta!

 

9. Não pensem que têm que escolher uma alternativa cristã ao Halloween.


Algumas igrejas (particularmente as Protestantes) estão a organizar "Festas de Outono" no dia 31 de Outubro.

 

Isso é o equivalente a dizer, "o comercialismo destruiu o Natal por isso vamos então celebrar uma "Festa de Inverno" no dia 25 de Dezembro (Já agora, eu acredito mesmo que Cristo nasceu no Natal: carreguem aqui para o artigo).


Chama-se All Hallows' Eve. Não mudem o nome.


A não ser que desconfiem dos vossos vizinhos, porque não os juntam todos? Pode ser uma grande oportunidade para os conhecer e começar algumas relações de amizade. Eu já conheci alguns vizinhos enquanto estávamos no passeio a ver os nossos miúdos a tocar às campainhas de cada casa da rua.

 

8. Divirtam-se e não forcem as pessoas a converter-se.


Pensem, ninguém gosta de receber uma coisa religiosa no seu saco de doces. Não passem textos religiosos em vez de doces. Dêem umas grandes mãos cheias de doces e uma barra grande de doce extra, se conseguirem. No final, vão acabar por converter as pessoas com a vossa caridade. Afinal de contas, vão ser conhecidos como "a casa que dá sempre bons doces". Se tiverem uma nova festa pós-Halloween se calhar é esse o momento para darem Terços (Outubro é o mês do Rosário!).

 

7. Sejam audazes.

 

Tentem fazer algum apostolado subtil. Não usem a abordagem evangélica: "Sabiam que Jesus é o vosso único Senhor e Salvador? Gostariam de se baptizar amanhã?" Em vez disso, perguntem às pessoas se sabem a origem do Halloween. Falem sobre "santos". É uma óptima e fácil oportunidade para terem uma conversa espiritual com os vosso vizinhos.

 

6. Sejam hospitaleiros - Porque não organizam a festa do bairro?


Os Cristãos devem ser hospitaleiros, certo? Está na Bíblia. Espreitem Romanos 12, 13. Porque não darem uma festa pós-Halloween na vossa casa com chocolate quente e café para os adultos? Abram a vossa casa ou o pátio das traseiras para jogos. Lembram-se do jogo de trincar as maçãs? E o de atirar sacos de feijões para o alvo? E do jogo de pôr a cauda no burro?

 

5. Não se deixem ir abaixo pelo nível macabro do Halloween.


Qualquer grande catedral Católica tem gárgulas cravadas e trabalhadas na pedra. Os manuscritos com iluminuras também estão cheios de espíritos nas margens. Os Católicos estão dentro disto. Porquê? Porque Cristo conquistou a morte e o diabo. Depois de Cristo, a morte perdeu o seu ferrão.


Além disso, o dia de Todos os Santos é seguido pelo dia dos Fiéis Defuntos, por isso não tem problema ser um bocadinho de nada macabro. (Já agora, a palavra "macabro" vem dos Macabeus - aqueles dois livros na Bíblia Católica que os Protestantes deitaram fora). E se viverem numa zona Hispânica, como eu, têm todo o "Dia de Muertos" para brincar.

 

4. Tenham uma fogueira!


Nós Católicos costumávamos ser especialistas em fogueiras. Um Halloween Cristão pede uma fogueira ao ar livre. Se tiverem um quintal e for permitido, acendam uma. Se os miúdos forem mais velhos, porque não fazer uma data de abóboras acesas e queimar alguns marshmallows sobre o fogo? Se alguém souber tocar violino, melhor ainda.

 

3. Façam algumas abóboras acesas bem giras.


Façam download de alguns padrões para cortar da internet. Gastem algum tempo em família a cortar algumas abóboras. Ponham velas lá dentro e deixem-nas a queimar fora da vossa casa durante uma semana ou algo parecido antes do Halloween. Os meus miúdos gostam sempre de ver quem é que tem abóboras à frente de casa. Querem fazer vizinhos no bairro? Organizem uma festa só para cortar abóboras e dêem um prémio a quem fizer a melhor.

 

2. Visitem os túmulos daqueles que vos são mais queridos.


Isto aplica-se mais ao dia dos Fiéis Defuntos (2 de Novembro) do que ao dia de Todos os Santos (1 de Novembro). O ponto é sempre lembrarmo-nos das pessoas que nos eram mais chegadas e rezarmos por aqueles que morreram marcados pelo sinal da fé. A morte não é a última palavra. Cristo superou a morte pela Sua dolorosa paixão e morte, através da ressureição. Esta é a fonte de toda a nossa esperança e a força de todos os santos.
A indulgência dos Fiéis Defuntos funciona de 1 a 9 de Novembro.

 

1. Sejam santos.


Se perseverarem no amor e na graça de Deus, também serão Santos, com letra maiúscula. O objectivo principal de "All Hallows" é lembrar-nos que temos que ser "hallowed" ou "santificados". A maior parte de nós não vai ter o seu dia de festa particular e portanto o dia de Todos os Santos vai ser o nosso dia de festa. É o dia de festa da maior parte dos santos da Igreja, aqueles que viveram em paz, seguiram Cristo, amaram as suas famílias, cumpriram os seus deveres na vida e seguiram para a vida seguinte. Que as suas orações permaneçam connosco.

 

Tenham um feliz Halloween Cristão!


Taylor Marshall


Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15

20
21
22
23
24

25
26
27
28
30


Links
Pesquisar blogue
 
blogs SAPO