«Seibo no Kishi» (Cavaleiro da Imaculada)
03
Out 14
publicado por FireHead, às 10:28link do post | Comentar

Peça do século IV apresenta uma das mais antigas e bem conservadas representações de Cristo encontradas na Península Ibérica, dizem arqueólogos espanhóis, da Andaluzia.

 

A imagem impressiona, à primeira vista, pelo estado de conservação. É difícil imaginar que aqueles pedaços de vidro do século IV sobreviveram 1600 anos e chegaram até nós deixando perceber claramente uma imagem de Cristo - uma das mais antigas e mais bem conservadas encontradas na Península Ibérica, dizem os arqueólogos que fizeram o achado nas ruínas da cidade romana de Cástulo, na província espanhola da Andaluzia. Impressiona também pelo que significa: esta descoberta "obriga a rever a história do Cristianismo na Península".

 

Olhando para o prato de vidro, uma patena usada na Eucaristia, podemos recuar no tempo e tentar imaginar quem eram as pessoas que usavam esta peça, como é que se converteram ao Cristianismo, se eram escravos ou aristocratas, se adoravam Cristo clandestinamente ou apoiados pelo poder do império.

 

 

Fonte: Diário de Notícias


Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


Links
Pesquisar blogue
 
blogs SAPO